Livres, mas não sozinhos

7:06 PM

Agora ouvindo uma música que me tocou bastante, senti necessidade de falar de algo que normalmente não falo, guardo muito afundo aqui. Acreditas em anjos? Eu, sim. É incrível esse tipo de mistério, divino... Anjos, demônios, seres de qualquer nomenclatura acima de nós, acima do que podemos ver, mas sentimos. Algumas vezes sonhei coisas que aconteceram; normal até aí... Mas parece que algo maior me tomava, eu sentia, acho que o Espírito Santo me tocava pra isso. Quantas e quantas vezes foi além de um sonho, foi uma visão enquanto eu dormia em que eu pude ajudar pessoas próximas. Acho que hora ou outra esbarramos em anjos ou demônios por ai. Nota-se hoje em dia, atitudes muito desumanas, outras super celestiais, nem parecem vir de humanos (com seus defeitos e qualidades). Não me refiro a algo específico, é apenas um assunto que sempre me tomou de interesse e eu acredito fortemente. Bebês por exemplo, tanta pureza naquele pequeno olhar, olham sem rumo, sorriem pro além. Acreditar ou não nestes seres, não está associado a alguma religião, basta sentir. Como eu já disse, é acreditar no superior, na força misteriosa que nos rege de alguma forma, que sustenta o que chamamos de fé, sorte, acaso ou destino. Talvez algumas pessoas tenham maior facilidade pra sentir a alma, energia que vem das outras... Acho que sou uma delas. Pode ser coincidência, ou mera intuição (algo bastante humano) o fato é que há certas pessoas e lugares que me transmitem sentimentos precisos! Bons ou ruins, estão ali sem que não seja dito nada. Há dias em que somos “salvos” de acidentes ou acontecimentos que pra quem vê de fora, não haveria possibilidade. Como? Por que? São perguntas que diariamente passam pela minha mente... Gosto de sentir. Gosto de saber ou sentir que, não estou sozinha nessa vida... Há alguém me olhando de longe, alguém guiando meus passos. Seja a força que for, eu irei agradecer sempre. Enquanto isso; prestarei atenção em quem passa por mim... Talvez eu não o veja, ou talvez só possa ver naquela única vez.

You Might Also Like

0 comentários