Sujeito composto

12:53 AM

Há alguns dias ou anos eu fico pensando, me perguntando se as pessoas a quem dedicamos algum sentimento, seja qual for, percebem isso, entendem da forma mais clara possível. O universo conspira a nosso favor, não tenho a menor dúvida a respeito, só que vez ou outra, aquele velho medo me perturba, será que elas (as pessoas que amamos) percebem a intensidade disso? Eu entendo sempre tão bem as pessoas, com seus motivos tão egoístas e mesquinhos, sempre as entendo e posso doar minha bondade e afeto para perdoar – quanto a mim, não sei, não entendo... De onde vem tanta sensibilidade e sentimentalismos. Sou uma pessoa fatalmente acostumada a levar coices, coices humanos ainda por cima, e fatalmente também me acostumei a sentir a dor e aliviá-la, como se não tivesse acontecido dia após dia eu coloco o melhor sorriso no rosto. De uns bons tempos para cá meus dias são como mantras, eu mentalizo muita doçura e amor, porque apesar dos pesares, nem todos os dias as pessoas a qual amamos estão perfeitas, e precisamos lidar com isso. É engraçado pensar sobre reciprocidade, paciência, estações... Enfim, tudo aquilo que rega a nossa vida; normalmente esperamos muito, por mais que se diga “não, eu faço por amor, não espero nada” esperamos sim, esperamos o mínimo de reconhecimento. Minha mãe costuma dizer que ingratidão retira afeição, e está coberta de razão. Por mais infantil que seja ninguém nunca reclama de fazer algo e receber uma motivação, como crianças quando arrumam o quarto e os pais vão lá dar um chocolate. Eu sou dada a motivações, não grandes, apenas demonstrações de que meus esforços foram vistos e agradecidos. Todos os dias, pessoas tomam atitudes impensadas, agem por impulso, agem por vontade própria e muitas vezes isso está sendo influenciado por amar de forma errada. É óbvio que amor nunca é errado, o errado é confundir amor com qualquer outra coisa, afirmar que se ama algo ou alguém, mas quando se examina as ações, é fácil perceber que amor passa longe. Eu sou uma fonte inesgotável de amor, assim como todas as pessoas, também sinto receio de me entregar, mas nunca impediu de saber distinguir o “x” do “y”. Amor é amor, o teste básico de olhos nos olhos, sabe? É certeiro. Eu sinto amor correndo pelo meu corpo, e não me refiro a receber o mesmo... Simplesmente porque sei como fazer, como me dar inteiramente e altruistamente. Mais cedo fiquei repensando em como se posiciona as pessoas que amam e as que acham que amam: quando se ama não há necessidade de fazer todos acreditarem, apenas que o mundo daquela pessoa acredite, e este é feito pelos dois somente. As pessoas que pensam que amam, agem para que acreditem nelas... Para que ela acredite em si e no seu suposto amor. A consequência é bastante previsível. Sabe, acho que a maioria das pessoas deveria namorar mais, aproveitar mais, saborear mais o que é ter alguém para gostar de verdade, amar mais e permitir-se mais. Alguns espertinhos acham que a vida é curta demais para viver preso a alguém, que o conceito de estar certo é assim, aventurando bons momentos; para nós, seres sentimentais e claro, vistos como bobos, aproveitar a vida é descobrir finalmente a quem nosso amor escolheu e foi escolhido. A meu ver, a vida não é rápida demais, é suficientemente plena para ter momentos maravilhosos e inesquecíveis, como um namoro aos 18 anos, aos 30, não importa... Importa sentir ao menos uma vez, de verdade. A maior demonstração de amor próprio é evitar mentiras e perdas de tempo com falsos sentimentos, que só atrasam a quem forja. Amor próprio é tudo aquilo que nos faz bem mesmo sem entender ao certo se está mesmo certo. Nunca pensei escrever tanto em primeira pessoa, mas ironicamente são minhas vivencias e minhas coisas e provavelmente jamais tirarei de mim, no máximo irei amadurecer a ideia. Ser paciente é um trabalho para quem ama, sempre será, assim como o “estar junto” sem noção do tempo... Grandiosamente gratificante, estimulante e edificante. Apenas quem ama de verdade sabe o que é ou não passageiro.

You Might Also Like

1 comentários

  1. flor q lindinho seu blog ! ameiiiii
    seguindo vc me segue tbm?
    http://stilo-pink.blogspot.com/
    beijosss

    ResponderExcluir