Sobrevivendo para sempre

2:20 PM

Amor sobrevive de sutilezas. Ele precisa ser conquistado e reconquistado todos os dias. Pequenos rituais, pequenos gestos, o cuidado em não esquecer o que um dia era hábito dos dois, é o importar-se. Se um dia os pequenos cuidados, as pequenas demonstrações diárias de carinho sumirem, a indiferença diante de datas importantes se manifestar, se um dia a forma de falar for reduzida para um ar excessivamente básico e preguiçoso... O amor morreu. Amor não sobrevive a teorias, é na prática que prova sua força. Não pode ser econômico, ele é exagerado e espaçoso. Não há quem não se derreta diante de uma declaração, diante daquelas três palavras, um contato físico quente, mas SÓ isso, por mais legal que pareça, não é suficiente. Demonstrações, atitudes que reforçam o sentimento é MUITO mais importante, é nelas que o amor se prova. Sem querer ser insensível, é por ser sensível demais que digo que, ouvir que é amado (a) é maravilhoso, mas ter atitude no calor do momento qualquer um pode ter, inclusive um desconhecido! O calor do momento move o ser humano às mais diversas ações, boas ou ruins. É na distância, é no momento em que não estamos ali, olho a olho que sentimos a força, a brutal intensidade. Ter atitude é reforçar para que o outro jamais se esqueça das razões que levaram a estar juntos... É não deixar o outro se esquecer. Mais do que viver repetindo que ama, o que faz o coração disparar de verdade é sentir com pequenas atitudes que esse amor está ali, que protege, cuida, que é forte. E digo mais... Mais do que ouvir palavrinhas ao pé do ouvido, o que qualquer pessoa deseja ter é SEGURANÇA. Segurança nasce de atitudes COERENTES, atitudes que conectem o que foi dito com o que é demonstrado. Nada pode ser mais afrodisíaco, admirável, atraente, encantador, e todos os adjetivos mais do que alguém que saiba chegar nesse nível. Faço parte do time "quem não cuida, não merece ter". É mais ou menos por aí mesmo. Já dizia Cecília Meireles, que os vencedores no amor são os fortes, não é para os indecisos; e acrescento aqui que também não é para os sem atitude. Saber demonstrar amor é outro nível! Interiorizar, absorver para a vida que amor sobrevive de detalhes é ter inteligência emocional.

You Might Also Like

0 comentários