O amor é para os distraídos

12:11 AM

Acredito que o amor, a paixão, são como aquelas histórias de papai Noel, que você precisa dormir para que ele venha e deixe seu presente. Se você passar a noite inteira em claro, já era, ele não aparecerá. O amor é igual, acontece para os distraídos, para aqueles que não ficam esperando pela pessoa dos sonhos em cada encontro. Muitas vezes as idealizações ocorrem por excesso de fantasia, distanciamento da realidade; outras vezes, o cansaço diante de muitas histórias fracassadas também faz com que as pessoas se limitem num único tipo de personalidade. O erro grave é tentar idealizar alguém, um padrão específico como sendo o único capaz de proporcionar felicidade. Algumas pessoas viram especialistas em caçar: caçam homens ou mulheres “x”, e não se atentam a qualquer outra qualidade existente, elas estão em busca apenas deste perfil em cada esquina, mesa de bar, encontro. O desafio dos caçadores é aprender que a imprevisibilidade é maravilhosa! É importante planejar algumas rotas, mas se o caminho permitir mudanças ou forçar mudanças.... Por que não tentar? Algumas pessoas infelizmente têm medo de confiar na vida e no destino, nos caminhos que não estão sob controle. Essa força própria é muito inteligente e sempre, sempre age a nosso favor, basta que saibamos enxergar e saber o que fazer com isso. Assim como o exemplo do papai Noel, a ansiedade por um novo amor, romance, é angustiante, mas é preciso confiar na movimentação da vida. Saia com os amigos, divirta-se, aproveite cada oportunidade, mas sem se preocupar tanto.... Acredite, as coisas acontecem você querendo ou não. A tal pessoa dos sonhos aparecerá, mas você não precisa passar as noites em claro esperando. Quando estiver completamente tranquilo, seguro de que seu presente chegará, basta aproveitar.... O amor acontece para os distraídos, para os que confiam.

You Might Also Like

1 comentários