Atrás de palavras escondidas

2:26 AM

Tenho muita atenção com a escuta e com as palavras que uso para conversar com as pessoas ou me aproximar delas. A psicologia ajuda bastante, mas boa parte vem de dentro, isso faz parte da motivação de cada um: escuta apurada, atenta. Quando escuto, busco encontrar harmonia e coerência entre o que é dito e o que é demonstrado. Me incomoda muito quando usam palavras inapropriadas para justificar uma atitude, um modo de ser... Percebi que isso incomoda de uma forma que não sei manter vínculos com quem não encontra um eixo coerente entre o falado e o demonstrado. Talvez isso soe intolerante, como se eu também não errasse, mas não se trata disso. Acredito que as pessoas precisam se esforçar para serem melhores. Não há possibilidade de sustentar vínculos com quem não se esforça para buscar uma evolução, crescimento nas relações interpessoais ou trate com naturalidade o descompasso no que está transmitindo. Frequentemente observo nessas escutas algumas velhas justificativas denominadas como desatenção. Bom, desatenção pode abranger amigos desatentos, familiares desatentos, casais desatentos, seja como for, sinto vontade de perguntar qual é o significado de desatenção para essas pessoas. Quase sempre a rotina realmente nos engole e sobra pouco tempo para ser o contrário disso, uma pessoa atenciosa. Por outro lado, volto a afirmar que atenção não é algo caro, na verdade atenção é uma das coisas mais simples de se demonstrar e extremamente fundamental. Atenção pode ser uma ligação, uma mensagem, um contato vez ou outra, atenção pode ser só um olhar firme. Atenção é mostrar ao outro que sua rotina existe, mas vocês não estão desconectados. Resumidamente, é sobre mostrar que a conexão existe apesar de tudo. De uns tempos para cá, quando ouço lamentos de pessoas desatenciosas e suas justificativas, só me questiono se ali está uma vítima do tempo, da própria rotina ou de si mesmo... Que infelizmente não encontrou uma coerência certa nas palavras, porque desatenção e descaso são palavras parecidas, mas têm significados muito, muito diferentes. Atenção ao que importa e a quem importa são maneiras de usar o tempo também. É importante buscar qualidade nas relações. Nesse ritmo de correr contra o tempo, podemos estar passando despercebidos pela vida (dos outros).

You Might Also Like

0 comentários